Registro de Imóveis de Cachoeira do Sul

(51) 3530-4745
(51) 99952-4556

NOTÍCIAS

29 DE JUNHO DE 2022
Seminário destaca o papel da tecnologia no fortalecimento das democracias

A importância das ferramentas tecnológicas para o fortalecimento e a consolidação da democracia foi destacada pelo secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Valter Shuenquener, no encerramento do “Seminário Internacional Brasil-União Europeia – Intercâmbio de experiências em e-Justice”, realizado na terça-feira (28/6). Durante o evento, especialista brasileiros e europeus debateram a digitalização da Justiça e trocaram experiências envolvendo o uso de ferramentas tecnológicas e inovadoras para a sustentabilidade, para a proteção ao meio ambiente e para a garantia dos direitos humanos e suas aplicações no sistema penitenciário.

“Não existe democracia com a utilização da tecnologia de maneira opaca, de uma maneira que impeça o amplo debate de questões que são cruciais para o desenvolvimento da humanidade.” Shuenquener destacou o momento de transformação do mundo físico para o mundo virtual e observou que transição produz vantagens e benefícios, mas também desafios.

Ao citar os investimentos em tecnologia realizados pelo Poder Judiciário, principalmente pelo Programa Justiça 4.0, ele destacou que o encontro possibilitou o intercâmbio de conhecimentos e realização de debates de maneira vertical e aprofundados. “Discutimos, por exemplo, como será a tutela dos direitos fundamentais no futuro diante da possibilidade do indesejado viés discriminatório provocado, eventualmente, pelo uso indevido da inteligência artificial. São temas da maior relevância tanto para o Poder Judiciário brasileiro, quanto para a União Europeia.”

O secretário-geral afirmou que o Brasil está na vanguarda do mundo em matéria de investimento em tecnologia no âmbito do Poder Judiciário e lembrou que o país contabiliza mais de 75 milhões de processos em tramitação. “Isso é uma anomalia. Mas como enfrentamos isso diante desse contexto e da dimensão continental do país, que dificulta o deslocamento? Esse cenário nos levou a buscar o uso da tecnologia e da virtualização, o que eleva a importância desse debate”, pontuou.

Leia também: Fux: Justiça Digital voltada aos cidadãos une experiências do Brasil e da União Europeia

De acordo com Shuenquener, a discussão em torno dos investimentos em tecnologia e inteligência artificial por parte do Estado já chegou à academia, preocupada com o controle das dificuldades inerentes à opacidade do algoritmo. “Esse panorama amplia a relevância do programa Diálogos Setoriais e nos leva a agradecer à União Europeia por nos proporcionar um debate com um inigualável nível de excelência, tanto em termos institucionais quanto técnicos.”

Para a chefe da Seção Política, Econômica e de Informação da Delegação Europeia para o Brasil, Domenica Bumma, os debates que se desenvolveram no seminário revelaram que a aplicação da tecnologia pode ser vital para o desenvolvimento positivo de políticas públicas para a sociedade. “Os valores compartilhados nesse encontro mostram que o Poder Judiciário brasileiro desempenha papel fundamental para concretização dos direitos humanos e recorre à tecnologia para torná-los efetivos”, afirmou.

Bumma observou que as discussões mostraram a profundidade e a abrangência da parceria entre o CNJ a União Europeia. Ela destacou que os debates trataram da importância da tecnologia e como ela é vital para o desenvolvimento da sociedade, mas sem ignorar que ela pode levar a fenômenos não necessariamente positivos, como fake news e desinformação. “Isso nos leva a abordar o aspecto ético que envolve a aplicação da tecnologia, valor compartilhados entre a União Europeia e o Poder Judiciário brasileiro”, finalizou.

Texto: Jeferson Melo
Edição: Thaís Cieglinski
Agência CNJ de Notícias

Reveja o evento no canal do CNJ no YouTube

Veja mais fotos do período da manhã do evento no Flickr do CNJ
(use as setas à esquerda e à direita para navegar e clique na foto para a acessar em diferentes resoluções)

28-06-2022 Seminário Internacional Brasil-União Europeia – Intercâmbio de experiências em e-Justice (Tarde)

Macrodesafio - Fortalecimento da estratégia nacional de TIC e de proteção de dados

The post Seminário destaca o papel da tecnologia no fortalecimento das democracias appeared first on Portal CNJ.

Outras Notícias

Portal CNJ

18 DE AGOSTO DE 2022
Link CNJ desta quinta (18/8) discute o sistema socioeducativo

O Conselho Nacional de Justiça está atuando para melhorar o atendimento de adolescentes em contradição com a lei...


Portal CNJ

18 DE AGOSTO DE 2022
Aprovados em concurso de outros órgãos do Judiciário podem atuar na Justiça Eleitoral

Parecer do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) reconhece a validade de aproveitamento de pessoas aprovadas aprovados...


Portal CNJ

18 DE AGOSTO DE 2022
Ações em prol das pessoas em situação de rua são ampliadas pelos tribunais

Com o agravamento da crise econômica no país, cada vez mais pessoas são vistas vivendo nas ruas das cidades...


Portal CNJ

17 DE AGOSTO DE 2022
e-Revista CNJ: Edição especial reúne artigos acadêmicos de mulheres sobre Judiciário

No mês da visibilidade da luta pelo fim da violência contra a mulher, a Revista Eletrônica do Conselho Nacional...


Portal CNJ

17 DE AGOSTO DE 2022
V Jornada de Direito da Saúde será nesta quinta (18) e sexta-feira (19/8)

Os desafios da judicialização da saúde serão discutidos, nesta quinta (18) e sexta-feira (19/8), na V Jornada de...


Portal CNJ

17 DE AGOSTO DE 2022
Corregedorias têm até 20 de agosto para atestar o uso exclusivo do PJeCor

As Corregedorias locais têm até o dia 20 de agosto para atestar que somente a plataforma PJeCor está habilitada a...


Portal CNJ

17 DE AGOSTO DE 2022
Comitê discute inclusão de pessoas com deficiência no Sistema de Justiça

Ações que assegurem o atendimento dos direitos e garantias e contribuam para ampliar a inclusão de pessoas com...


Anoreg RS

17 DE AGOSTO DE 2022
Começou ontem o prazo para entrega do ITR 2022

Imposto deve ser declarado até o dia 30 de setembro.


Anoreg RS

17 DE AGOSTO DE 2022
Penhora de imóvel localizado em outra comarca deve ser decidido pelo Juízo da Execução

Na hipótese de bens sujeitos a registro público, não há necessidade de Carta Precatória, ainda que se situem...


Anoreg RS

17 DE AGOSTO DE 2022
Provimento disciplina a alimentação do Painel Nacional dos Concursos Públicos para outorga dos serviços de Notas e de Registro gerido pela Corregedoria Nacional de Justiça

Disciplina a alimentação do Painel Nacional dos Concursos Públicos de Provas e Títulos para Outorga de...