Registro de Imóveis de Cachoeira do Sul

(51) 3530-4745
(51) 99952-4556

NOTÍCIAS

23 DE SETEMBRO DE 2021
É Lei: PL das centrais eletrônicas dos cartórios gaúchos é sancionada pelo governador do estado do RS, Eduardo Leite

O governador do estado do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, sancionou o Projeto de Lei nº 218/2020, que regulamenta as centrais de serviços eletrônicos das especialidades dos cartórios gaúchos, em ato presencial no Salão Alberto Pasqualini, no Palácio Piratini, nesta quarta-feira (22.09). O PL dispõe sobre o atendimento dos pedidos dos serviços extrajudiciais por meio de centrais e plataformas de serviços eletrônicos no estado e dá outras providências.

O projeto garante a continuidade dos serviços prestados pelas centrais eletrônicas no Estado, permitindo o acesso a documentos eletrônicos, tráfego de dados e intercâmbio de informações aos usuários. Os serviços digitais também beneficiam o Poder Público, que possui acesso facilitado aos serviços de buscas.

Na abertura da cerimônia, o presidente da Frente Parlamentar da Justiça Notarial e Registral do Estado e autor do PL, deputado Elizandro Sabino, no ato representando a presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (AL/RS), cumprimentou as autoridades e todos os presentes. “Eu reforço nosso compromisso por meio da Frente Parlamentar para inciativas como essa, que beneficiam diretamente o interesse público, pois não é apenas um projeto dos notários e registradores gaúchos, mas sim de interesse da população gaúcha que busca o seu espaço no meio digital, além da velocidade, da eficiência e, sobretudo, da segurança jurídica”, complementou o deputado.

Na sequência, o presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado do Rio Grande do Sul (Anoreg/RS), João Pedro Lamana, também cumprimentou a todas as autoridades e demais convidados. “Esse é um momento histórico para os notários e registradores, o desenvolvimento das centrais é uma iniciativa privada, realizada por muitas mãos, com o apoio de muitos colegas”, ressaltou Lamana Paiva, agradecendo ainda a todos os associados que auxiliaram na construção das plataformas eletrônicas que foram pensadas para todos os gaúchos.

Para o governador do estado do RS, Eduardo Leite, “na medida que a gente consegue avançar com processos de disponibilidade de serviços na modalidade digital, fazer isso de forma organizada para fazer as disponibilidades dos serviços também de forma segura”, enfatizou o governador.

Estiveram presentes na solenidade a psicóloga e vereadora de Porto Alegre, Tanise Sabino, no ato representando a Câmara de Vereadores de Porto Alegre; o chefe da Casa Civil, Artur Lemos, o presidente do Instituto de Estudos de Protesto do Rio Grande do Sul (IEPRO/RS), Romário Mezzari; o presidente do Sindicato dos Serviços Notariais do Estado do Rio Grande do Sul, José Carlos Espig; a presidente da Fundação Escola Notarial e Registral do Rio Grande do Sul – Fundação Enore/RS, Juliana Follmer; o assessor institucional da Anoreg/RS, Marcos Pippi; e o assessor do deputado Elizandro Sabino, Rogenio Cavalar. De forma remota, acompanharam a cerimônia o presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Rio Grande do Sul (Arpen/RS), Sidnei Hofer Birmann; o presidente do Colégio Registral do Rio Grande do Sul, Cláudio Nunes Grecco; o presidente do Colégio Notarial do Brasil – Seção Rio Grande do Sul (CNB/RS), José Flávio Bueno Fischer; a presidente do Instituto de Registo Imobiliário do Rio Grande do Sul (IRIRGS), Denize Alban; o representante da Central de Registro Civil, Juliano Ceervi; e a gerente administrativa do Sindiregis, Juliana Salerno.

Clique aqui e confira a Lei na íntegra.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Anoreg/RS

 

Outras Notícias

Anoreg RS

23 DE SETEMBRO DE 2021
É Lei: PL das centrais eletrônicas dos cartórios gaúchos é sancionada pelo governador do estado do RS, Eduardo Leite

PL regulamenta as centrais de serviços eletrônicos das especialidades dos cartórios gaúchos.


Anoreg RS

22 DE SETEMBRO DE 2021
Corregedoria Nacional de Justiça prorroga prazo de vigência de provimentos

Clique aqui e confira a normativa na íntegra.


Anoreg RS

22 DE SETEMBRO DE 2021
Reunião mensal do Fórum de Presidentes da Anoreg/RS debate temas da categoria

Encontro online ocorreu nesta terça-feira (21.09), por meio da plataforma Zoom.


Anoreg RS

22 DE SETEMBRO DE 2021
Registro eletrônico de imóveis contribuirá para melhoria do ambiente de negócios

Segundo a corregedora nacional de justiça, ministra Maria Thereza de Assis Moura, o SAEC vai aprimorar a...


Anoreg RS

22 DE SETEMBRO DE 2021
O Globo Online – Crescem as queixas sobre crédito imobiliário. Entenda como evitar problemas em operações de compra, venda e aluguel

Depois de dobrar em 2020, reclamações já cresceram mais 20% este ano.Financiamento de imóveis é o tema do 7º...


Anoreg RS

22 DE SETEMBRO DE 2021
Portal Migalhas – Hipoteca e outras garantias reais no Brasil: Debilidades traiçoeiras diante de credores “privilegiados”

A fragilidade das garantias reais é uma ameaça significativa ao desenvolvimento econômico e social do país...


Anoreg RS

22 DE SETEMBRO DE 2021
Jornal Contábil – É viável o usucapião em apartamento em condomínio irregular, sem registro no cartório?

A Usucapião é forma de aquisição ORIGINÁRIA - não se adquire imóvel DAS MÃOS de alguém mas sim CONTRA alguém.


Anoreg RS

22 DE SETEMBRO DE 2021
Jornal Jurid – Artigo: Sistema de Adoção em Uniões Homoafetivas e o necessário tratamento isonômico – Por Estefania Veiga e Giovanna Scaramussa

A contemporaneidade trouxe à baila novas composições familiares, cujos laços socioafetivos têm o mesmo valor de...


Anoreg RS

22 DE SETEMBRO DE 2021
Governo Federal – Presidente envia ao Congresso projeto que altera Lei da Identificação Civil Nacional

Mudanças no texto original da Lei nº 13.444 buscam intensificar parceria entre o Executivo e o Tribunal Superior...


Anoreg RS

21 DE SETEMBRO DE 2021
O Estado de S.Paulo – Artigo: Inventário extrajudicial envolvendo herdeiros menores: importante decisão judicial – Por Felipe Russomanno e Julia Spinardi

A recente decisão judicial permitiu, então, que a inventariante, esposa de Armando e mãe de Paulo Neto, participe...