Registro de Imóveis de Cachoeira do Sul

(51) 3530-4745
(51) 99952-4556

NOTÍCIAS

17 DE JANEIRO DE 2022
1º de fevereiro de 1997: Nasce a Associação dos Notários e Registradores do Estado do Rio Grande do Sul

No dia primeiro de fevereiro de 2022, a Associação dos Notários e Registradores do Estado do Rio Grande do Sul (Anoreg/RS) vai completar 25 anos. Em comemoração a essa data especial, a série “Momento Marcantes” vai relembrar as principais ações realizadas pela entidade e pelo Fórum de Presidentes das entidades notariais e registrais gaúchas. E o primeiro momento marcante não poderia ser outro: a fundação da Anoreg.

Fundada em 1º de fevereiro de 1997, a Anoreg/RS nasceu com a finalidade de congregar as entidades de classe, bem como seus titulares, e representá-las institucionalmente em temas de interesse conjunto, em especial os relacionados à união e defesa de direitos comuns das categorias, promovendo o aperfeiçoamento da legislação e a estruturação de suas atividades.

A ata da fundação da Associação está devidamente documentada e registrada em cartório. O documento traz informações sobre a Assembleia Geral de Fundação, presidida pelo então presidente do Colégio Registral do Rio Grande do Sul, Carlos Fernando Wesphalen Santos, e secretariada pelo então presidente do Colégio Notarial do Brasil – Seção Rio Grande do Sul, João Figueiredo Ferreira.

Durante a Assembleia, foram eleitos e empossados os membros da Diretoria para o período de 1º de fevereiro de 1997 a 31 de janeiro de 1998. Carlos Fernando Wesphalen Santos e João Figueiredo Ferreira foram eleitos presidente e vice-presidente da Anoreg-RS, respectivamente. O notário e registrador Velasco Balen foi eleito secretário e o tabelião de notas Ney Paulo de Azambuja foi eleito tesoureiro da entidade. Todos eles assinaram a ata de fundação, que contém o primeiro estatuto anexado. As entidades Colégio Notarial do Brasil – Seção Rio Grande do Sul (CNB/RS) e o Colégio Registral do Rio Grande do Sul constam também como fundadoras, já que, até então, eram as únicas entidades associadas à Anoreg.

Outro documento importante que vale à pena ser relembrado nesta comemoração é a carta assinada pelo primeiro presidente eleito da entidade comunicando o encerramento de seu mandato e relembrando a alternância dos cargos de presidência e vice-presidência entre as duas entidades fundadoras da Anoreg-RS.

“Renovo o anseio de que notários registradores fortaleçam e consolidem a congregação de seus ideais, com o que estará assegurada a indispensável unidade da classe”, disse Carlos Fernando Wesphalen Santos no documento.

Veja abaixo cópia da carta original, datada de 1º de janeiro de 1998.

Hoje, se fazem representadas pela Anoreg/RS as seguintes entidades de classe: Associação dos Registradores e Notários do Alto Uruguai e Missões (ARN); Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Rio Grande do Sul (Arpen/RS); Colégio Notarial do Brasil – Seção Rio Grande do Sul (CNB/RS); Colégio Registral do Rio Grande do Sul;  Instituto de Estudos de Protestos do Rio Grande do Sul (Iepro/RS); Instituto de Registro de Títulos e Documentos e de Pessoas Jurídicas do Rio Grande do Sul (IRTDPJ/RS); Instituto de Registro Imobiliário do Rio Grande do Sul (IRIRGS); Sindicato dos Serviços Notariais do Rio Grande do Sul (Sindinotars); Sindicato dos Registradores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul (Sindiregis);

Atualmente, a Anoreg/RS segue realizando reuniões bimestrais – também reuniões extraordinárias – para discutir temas de interesse das classes notarial e registral, bem como mudanças na legislação e intervenções na atividade, buscando oferecer orientações e soluções aos associados.

Embora esteja instalada atualmente na Rua Coronel Jesuíno, 421, a primeira sede da Anoreg/RS era na Rua Riachuelo. Também esteve na Av. Borges de Medeiros, 2105.

Acompanhe nossas publicações aqui no site e vamos juntos celebrar e relembrar esses 25 anos.

Outras Notícias

Portal CNJ

19 DE MAIO DE 2022
Os desafios da Justiça na proteção do meio ambiente são pauta Link CNJ

A edição do Link CNJ trata desta quinta-feira (19/5), às 21h na TV Justiça, trata do programa “Poder...


Portal CNJ

19 DE MAIO DE 2022
Projeto contra superlotação em presídios avança com parceiros no Maranhão

Com o objetivo de organizar de forma permanente a ocupação nas prisões, garantindo ao Judiciário uma gestão...


Portal CNJ

19 DE MAIO DE 2022
Promoção de direitos sociais é tema de webinário nesta quinta-feira (19/5)

O debate sobre políticas judiciárias voltadas para a promoção de direitos sociais e a ampliação da...


Portal CNJ

19 DE MAIO DE 2022
Seminário discute o papel da mediação e da conciliação na solução de conflitos

Nesta quinta-feira (19/5), o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realiza mais uma edição dos Seminários de...


Portal CNJ

19 DE MAIO DE 2022
Justiça Itinerante realiza pauta concentrada de audiências em Aliança (PE)

O programa Justiça Itinerante estará nesta sexta-feira (20/5), das 10h às 17h, em Aliança (PE) para promover um...


Portal CNJ

19 DE MAIO DE 2022
Justiça Federal da 5ª Região promove webinários sobre assédio no trabalho

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) está com inscrições abertas para dois webinários, por meio da...


Portal CNJ

19 DE MAIO DE 2022
Cooperação viabiliza número recorde de júris em Minas Gerais

O Mutirão do Júri do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) está dando impulso ao julgamento dos processos...


Portal CNJ

18 DE MAIO DE 2022
Entidade internacional enfatiza confiança no sistema eletrônico brasileiro

“A democracia a nível global vive tempos nublados. O mundo atravessa um período de recessão democrática, um...


Portal CNJ

18 DE MAIO DE 2022
Emenda que aumenta idade para indicação de juízes valoriza a magistratura, diz Fux

O limite de idade para a indicação de ministros a tribunais superiores e juízes de segunda instância subiu de 65...


Portal CNJ

18 DE MAIO DE 2022
Tribunal do Amapá volta a alertar sobre golpe envolvendo precatórios

O Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) reforça o alerta à população e autoridades sobre o golpe dos...