Registro de Imóveis de Cachoeira do Sul

(51) 3530-4745
(51) 99952-4556

NOTÍCIAS

20 DE JULHO DE 2021
Mato Grosso Mais – Registro de Propriedades no MT é destaque no relatório do Banco Mundial

A facilidade para se transferir uma propriedade em Mato Grosso foi um dos destaques do relatório Doing Business Subnacional Brasil, produzido pelo Banco Mundial, e divulgado no início deste mês. O documento, que analisa a facilidade de se fazer negócios nas economias de todo o mundo, classificou o sistema imobiliário do Estado como um dos mais avançados nos critérios custo e número de procedimentos.

Segundo o relatório, no nível subnacional, a transferência de propriedades é mais barata do que em outros 20 estados brasileiros, sendo o sexto melhor custo, equivalente a 2,6% do valor do imóvel, mais baixo que a média no País, que é de 3,2%.

Ainda no quesito custos, os valores pagos pela transferência imobiliária em Mato Grosso são menores que os verificados nos demais países da América Latina e Caribe (5,5%), assim como nos países que compõe a OCDE de economias de alta renda (4,2%) e dos chamados BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), onde o custo no processo de registro de propriedades equivale a 4,7% do valor do imóvel.

No tópico procedimentos, que são as etapas necessárias para se efetivar a transferência imobiliária, o Amazonas encontra-se na terceira colocação, com 14 etapas necessárias à conclusão do processo, arás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro, com 8 e 11 respectivamente. O número também é menor que a média brasileira, que hoje encontra-se com 15,4 procedimentos.

Já na avaliação sobre o tempo para a efetiva transferência de propriedade imobiliária, os 43,5 dias para o cumprimento dos procedimentos e das formalidades legais – incluindo aquelas relacionadas aos órgãos públicos são mais rápidos que os 64,8 dias que levam os demais países da América Latina e do Caribe.

Segundo a presidente da Associação de Notários e Registradores do Mato Grosso (Anoreg/MT), Velenice Dias, o estudo é de alta qualidade. “A pesquisa é responsável por mostrar a eficiência e qualidade da segurança jurídica dos registros de propriedades no Mato Grosso, e auxilia ainda, na decisão sobre investimentos no Estado”.

O Mato Grosso também obteve pontuação relativamente alta no índice de qualidade da administração fundiária – 13,5 pontos, juntamente com Bahia e Acre, atrás apenas de Rio Grande do Norte, Amapá, Paraíba, Rio Grande do Sul, Piauí, Maranhão, Sergipe, Rondônia, Ceará, Tocantins, Roraima, e Alagoas e inferior à média do Brasil (13,9) e superior à média dos países da América Latina e do Caribe (12,1), o que demonstra a eficiência do atual sistema de registro imobiliário no Estado.

O estudo conduzido pelo Banco Mundial avalia ainda a qualidade do sistema imobiliário por meio de cinco dimensões principais: qualidade da infraestrutura, transparência das informações, cobertura geográfica, resolução de disputas fundiárias e igualdade dos direitos de propriedade. O somatório resulta na pontuação total do índice de qualidade da administração fundiária. Os processos envolvem o tempo para obtenção de documentos, lavratura de escritura e registro do ato. Esta é a primeira vez que o estudo é conduzido de forma exclusiva nos 26 Estados brasileiros e no Distrito Federal.

Fonte: Mato Grosso Mais

Outras Notícias

Anoreg RS

21 DE SETEMBRO DE 2021
Fundação Enore – Conheça a plataforma Cartórioflix

Os cartórios terão acesso a todos os cursos da plataforma, que em pacotes com um valor mínimo já oferecem o...


Anoreg RS

21 DE SETEMBRO DE 2021
Polícia Federal prorroga prazo para regularização migratória

Dispõe sobre prorrogação de prazo para regularização migratória no âmbito da Polícia Federal.


Anoreg RS

21 DE SETEMBRO DE 2021
CNJ – Ferramenta modernizará serviços prestados por cartórios de registro de imóveis

A solenidade será realizada às 9h30, com a presença da corregedora nacional de Justiça, ministra Maria Thereza...


Anoreg RS

21 DE SETEMBRO DE 2021
CNJ lança serviço para atendimento remoto por todos os cartórios de Registro de Imóveis

Através do Serviço de Atendimento Eletrônico Compartilhado, será possível fazer pesquisa, localização de...


Anoreg RS

21 DE SETEMBRO DE 2021
IRIB – LGPD e cartórios: Implementação e questões práticas

Obra está em pré-venda e conta com artigo assinado pela Coordenadora da CPRI/IRIB.


Anoreg RS

21 DE SETEMBRO DE 2021
CNJ – Prêmio Conciliar é Legal: inscrições podem ser feitas até 30 de setembro

Pessoas e instituições podem se inscrever até 30 de setembro na 12ª edição do Prêmio Conciliar é Legal.


Anoreg RS

21 DE SETEMBRO DE 2021
IstoÉ – Suécia impede pais de colocarem o nome “Vladimir Putin” em seus filhos

Moradores da Suécia estão impedidos de colocar o nome do presidente russo Vladimir Putin em seus filhos. O nome...


Anoreg RS

21 DE SETEMBRO DE 2021
Migalhas – Artigo: Herança Líquida – O abatimento da dívida do espólio para fins de cálculo do ITCMD – Por Aryane Braga Costruba

Os contribuintes precisam ficar atentos, pois somente poderá ser realizado por meio de decisão judicial.


Anoreg RS

21 DE SETEMBRO DE 2021
Jornal Contábil – Como realizar o processo de usucapião via cartório

Usucapião extrajudicial é um procedimento executado diretamente em um cartório de registro de imóveis.


Anoreg RS

21 DE SETEMBRO DE 2021
Portal Migalhas – Artigo: O Judiciário e a interpretação da alienação fiduciária de imóvel em garantia

Em quase vinte e cinco anos de vigência, não foram poucas as ameaças à exequibilidade da lei 9.514/97,...